QUEENSLAND - BRISBANE - diário de viagem

HOTEL SOHO BRISBANE

SETEMBRO 2015

BRISBANE

"Let the games begin and may the odds be ever at your favour!"

Depois de 3 horas de sono (ou menos) lá acordámos para mais uma aventura. Terminámos de colocar tudo nas (pequenas) malas e saímos porta fora. Ainda tivemos de passar no HVT (Hospital Veterinário da Trofa) onde eu pude voltar a despedir-me da minha Mafarricas. Ainda me deu beijinhos e brincou comigo. (já tenho saudades...) É uma pena ser tão difícil viajar com animais e não haver mais hoteis "pet friendly". Viajar num avião para a Mafalda ia ser maravilhoso, aposto! NOT!!
A viagem até Lisboa correu melhor do que estávamos à espera. Apanhámos alguma chuva intensa mas nalguns sítios não chovia. No aeroporto não tivemos grande tempo para nada. A nossa porta era a última e quando chegámos à porta tivemos de embarcar. Deu tempo para tirar uma foto e seguimos caminho. Agora estamos em Heathrow, almoçámos sushi (mas era fraquinho e caro), o Yumi já dorme e eu não consigo pregar o olho. Dormi 2h no vôo para cá e parece-me que vai ser mesmo só isso. Já estou a descarregar séries para ver durante a viagem, caso hajam poucos (ou fracos) filmes para vermos.
Curiosidades:
1 - Ainda não tivemos oportunidade de falar com um inglês british, apenas nos aparecem ingleses emigrantes, como indianos, para nos tirar dúvidas, indicar o caminho ou até no balcão do check-in.
2 - os loundges têm quartos para dormir em Heathrow, uma coisa positiva... para quem tem cartão de milhas, o que não é o nosso caso!
3 - Todas as casas de banho têm creme hidratante para as mãos e cara.
4 - Quem quiser fumar, vai fumar ao tota! "Smoke free airport, guys!", ouvimos um segurança a dizer a umas hippies cheias de rastas, vestidas como mendigas, ansiosas por um cigarro. Os agarrados à nicotina ficam em casa!
5 - Céu limpo em Londres... Quem diria! Hoje o "fog" fugiu.
6 - Existem casas de banho familiares... deve ser para quem tem muitos filhos e têm de ir com todos ao mesmo tempo à casinha?! Será?
7 - Fiquei a guardar uma bolsa de um rapaz que se tinha esquecido dela nos bancos de espera, porque a empregada tinha de ir chamar o segurança e não queria deixar a bolsa ali sozinha... A sério?! E eu é que tenho de a guardar? LOL!
8 - Ao fazer o check in fui inspeccionada para verem se eu trazia drogas ou explosivos... Devo ter cara de agarrada ou de ISIS! Passaram-me um paninho pelas mãos e pés e depois analisaram para ver se dava positivo. UFA... ainda bem que deixei a cocaína e a granada em casa! LOL!

Às 17h embarcamos rumo a Hong Kong, onde nos espera memos de 1h de escala. Não vai dar para aceder à net. Depois seguimos para Brisbane, for some "Koalaty Time"! :D

 

Viagem interminável

BRISBANE

Quem nos conhece sabe que adoramos voos de longo curso porque podemos passar 1 dia inteiro, ou mais, a assistir a filmes acabados de ser lançados ou ver séries que nao podemos ver habitualmente por falta de tempo. Este ritual já está tão estabelecido que por vezes nos faz nao ir ao cinema porque sabemos que vamos por em dia todos os filmes em atraso num voo a caminho de algures. Além disso, enquanto refastelados neste verdadeiro "Domingo de sorna" temos à nossa disposição uma cozinha gourmet com pratos excelentes, degustando sabores e vinhos do Chile como nos apresentaram nestes voos da Cathway Pacific. Além disso dá pra por o sono em dia! 

Só fica a faltar mesmo é uma cama para poder deitar ao comprido mas isso só está ao dispor da 1ª classe.

No entanto, desta vez a viagem custou mais do que o habitual porque foi mais longo e pelo facto de habitualmente a seguir a um voo de longo curso de 12 a 15h nao fazemos uma nova viagem ou fazemos uma viagem curta. Neste voo, depois de 7h de espera em Londres e 12 de Londres até Hong Kong, tivemos mais um voo de mais de 9h de Hong Kong até Brisbane. Ainda por cima porque no mapa mundo classico geraram uma distorção das distancias e posicões dos continentes para caberem todos num plano. É muito longe!

Mesmo assim voltei a dormir bastante e a levantar-me apenas 1 vez em cada um dos voos de longo curso. A novidade é que a Fi dormiu 6h seguidas! Ela que costuma ir sempre acordada... 

Chegamos à Australia quase à 1h e tivemos que apanhar um shuttle de 15 min ate ao hotel no centro de Brisbane. Está "frio" e a chover, esperemos que amanha esteja melhor para explorarmos bem esta cidade. 

De cabeça para baixo

BRISBANE

 

Hoje acordamos de cabeça para baixo... ESTAMOS NO HEMISFÉRIO SUL!!! :D
Foi um dia para descansar e conhecer Brisbane com muita calma.

Acordamos as 9h30, mas só nos levantamos as 10h30 porque adormecemos, sem nos lembrarmos que o check-out era até as 11h.

Fomos calmamente fazer o city walking tour e ficamos a saber/conhecer algumas coisas sobre Brisbane:

1 - uma cidade criada a volta de 1860

2 - é uma cidade extremamente limpa, não se vê lixo nenhum no chão. Podia-se andar descalça que não se sujavam os pés

3 - fumar na rua da multa de 200$, assim como fazer lixo

4 - têm praias artificiais de areia branca, à beira do rio, onde as pessoas vêm apanhar sol (a que visitamos fica no south bank park)

5 - cultivam legumes e especiarias nos parques públicos. Nos jardins destes parques podemos ver nabiças, coentros, couves, brócolos, caril, salsa, entre outros! Uma vista muito peculiar!

6 - há net gratuita na rua para quem quiser usar

7 - vê-se muitos casais a fazer picnics com os filhos e pets deitados na relva, ao lado dos brócolos

8 -  a arquitectura é futurista, com muito edifícios espelhados com grandes estruturas em ferro e aço. No entanto, ainda se vê edifícios antigos que contrastam com os modernos

9 - as pessoas são muito simpáticas e prestáveis. Vemos muito asiáticos aqui!

10 - existem uns pássaros todos marados com bicos compridos que andam no meio das pessoas com mais à vontade do que as pombas. Um deles veio pousar mesmo na mesa de duas asiáticas que estavam a almoçar à nossa beira! Teve de vir o empregado espantar o bicho!

11 - muitos répteis à solta, como no México e no Ecuador, sempre prontos para posar para a foto

12 - não vimos cangurus nem koalas... Não tivemos tempo de ir ao Zoo. Fica para quando voltarmos de Vanuatu

 

Agora estamos no aeroporto à espera do voo para Port-Vila!

VANUATU

Australia 1 - Yumis 0​

BRISBANE

Partimos de Port Vila para Brisbane com 15 minutos de atraso.

Chegados a Brisbane houve uma inspecçao ao aviao, provavelmente à procura de mosquitos transmissores de malária, que demorou 20 minutos. Cada vez ficavamos mais nervosos porque o voo que marcamos para Cairns era 1h e 50min depois, mas ainda tinhamos que apanhar as malas e fazer o check-in no terminal doméstico, nós estavamos no terminal internacional. Quando abrem as portas dizem-nos que os passageiros com ligaçoes domesticas têm prioridade, pegamos nas coisas e fomos os primeiros a sair do avião a correr. Quando chegamos à imigraçao vimos uma fila interminavel e informamos uma funcionaria da nossa situaçao mas de nada serviu, fomos para a fila normal dos europeus que chegavam à Australia. Só havia 1 pessoa a verificar lentamente os passaportes de umas 60 pessoas à nossa frente! O tempo ia passando e quando estavamos quase a chegar à nossa vez, o turno de 2 dos 4 ( e mais que insuficientes) funcionarios da fronteira simplemente se levantaram e sairam do seu turno deixando apenas 2 pessoas. Isto fez com que os elementos da fila ao lado passassem a ser atendidos pela unica pessoa para aquela gente toda! Que desespero! Quando peguei na mala faltavam 40 minutos pra levantar voo. Fui à frente para pegar nas malas e ir a correr para a fila seguinte, mais uma fila pra verificar os bens declarados e proibidos. Esta até foi rapida mas quando estou para passar... Onde está a Filipa?!! Tinha sido detida porque o nome de familia tinha sido abreviado (nao cabia na folha) e nao estava igual ao passaporte: que desespero! Quando saimos do terminal faltavam 28 minutos e nem pensar em esperar pelo autocarro de ligaçao, apanhamos um taxi e dissemos-lhe pra acelerar por causa do atraso. O terminal doméstico era longe (este aeroporto é gigante) mas o pior estava pra vir: uma fila interminavel de carros a querer ir pro mesmo sitio que nós. O indiano que conduzia o taxi foi porreiro e faz um desvio pela esquerda e mete-se à frente de toda a gente. Mesmo assim quando chegamos ao check-in faltavam 20 minutos pra descolar. A funcionaria da Virgin Australia ainda tentou mas ficamos em terra porque temos uma mala grande para despachar... 

Ainda tentamos ir no voo das 21:30 da JetStar e... so havia um lugar... Nao estava destinado irmos naquele dia pra Cairns. Aconteceu tudo e mais qualquer coisa pra nos tirar daquele voo.

As pessoas foram todas muito simpaticas e depois de termos adiado 1 dia o hotel e o barco (foi facil de mudar felizmente), marcamos com a Virgin para o dia seguite logo à 7h. Ajudaram-nos a arranjar um hotel e apercebemo-nos que estavam todos lotados! Felizmente arranjamos um mas um pouco caro. Tudo aqui é excessivamente caro, sobretudo os taxis em que cada segundo sao 10 centimos. So a viagem ate ao hotel que ficava a 5 kms custou perto de 30AUD (19€)!

Amanha vamos ter tempo de conhecer Cairns mas o plano de ir ver cangurus e koalas ficou seriamente comprometido...

  • Instagram
  • Email
kbnhoodplkockmil.png